Arquivo para ‘Notícias’ Categoria

Em 2012, será tudo novo, menos duas coisas…

Muitas lutas viram, muitas outras virão.

Veja a nossa mensagem de final de ano e as novidades da SoftHost para 2012.

Veja a nossa mensagem de final de ano e as novidades da SoftHost para 2012.

Em 2012, o ano em que a SoftHost comemorará 10 anos de mercado e comemorará a marca de 7 mil clientes em todo o Brasil, temos uma certeza: não estamos sozinhos nesta jornada.

A Missão da SoftHost é:

Fornecer às organizações interessadas, infra-estrutura de Internet Data Center através de soluções inovadoras e eficientes em hosting, streaming, cloud computing e aluguel de servidores dedicados.

    Neste sentido, estamos lutando para cumprirmos nossa Visão:

    Transformar desconhecidos em amigo; amigos em clientes; clientes em parceiros; em todo o Brasil; primando pela inovação e eficiência nos projetos e produtos; satisfazendo e antecipando as necessidades de todos.

      Em 2012, teremos novas contratações, nova infra-estrutura, novos serviços, novos servidores, novos clientes, novos parceiros. Em 2012, temos a certeza de que será tudo novo, exceto  duas coisas:

      1. Sua confiança em nosso trabalho não vai mudar;
      2. Nossa atenção para com você também não vai mudar.

      Agradecemos a Deus por poder trabalhar naquilo que somos apaixonados em fazer todos os dias. Somos muito felizes em ver o resultado de nosso trabalho em milhares de empresas. Estamos na crista da onda das inovações tecnológicas, surfando nas nuvens computacionais, levando ao nosso clientes soluções de ponta na comunicação eletrônica, transmitindo idéias e realizando e ajudando as empresas a diminuirem seus custos operacionais com comunicação.

      Finalmente, terminamos este último post de 2011 dizendo…

      MUITO OBRIGADO, BOAS FESTAS, FELIZ NATAL E FELIZ 2012!

      Novos Telefones de Suporte Técnico

      Agora o Help Desk é para 12 capitais brasileiras

      help-fullNovas capitais com números de atendimento locais:

      • Salvador: (71) 4062-8958
      • Fortaleza: (85) 4062-8087
      • Vitória: (27) 4062-9110
      • Recife: (81) 4062-9799

      Já o telefone de Brasília para (61) 4063-8895

      Em breve teremos números telefónicos locais de suporte técnico para todas as capitais brasileiras. Se a sua capital ainda não está sendo atendida, mande um email para suporte@softhost.com.br.

      Veja a relação completa dos números dos nosso suporte técnico:

      1. Belo Horizonte: (31) 4062-7088 |
      2. Brasília: (61) 4063-8895 |
      3. Curitiba: (41) 4063-6071 |
      4. Florianópolis: (48) 4052-9671 |
      5. Fortaleza: (85) 4062-8087 |
      6. Goiânia: (62) 4053-9615 |
      7. Porto Alegre: (51) 4063-7413 |
      8. Recife: (81) 4062-9799 |
      9. Rio de Janeiro: (21) 3527-0077 |
      10. Salvador: (71) 4062-8958 |
      11. São Paulo: (11) 4063-8789 |
      12. Vitória: (27) 4062-9110 |

      Ser Blogueiro ou Splogueiro?

      Em pesquisa divulgada pela Microsoft, temos mais splogs do que blogs

      De acordo com um estudo feito por uma equipe da Microsoft em conjunto com a Universidade da Califórnia* chegou-se a conclusão de que 75% das páginas do Blogger são splogs sem conteúdos e que 77% deles não possuem conteúdo, mas estão cheios de anúncios como AdSense.

      Esta não é uma questão filosófica, mas existencial. Estamos vivendo num mundo onde o ter é mais importante que ser. Então, o que vemos nos blogs existentes é apenas reflexo desta questão. Uma super valorização do ter em detrimento do ser. Ter um blog em detrimento de ser de conteúdo útil ou não. O que vai valer é se esse blog tem AdSense como gerando alguma renda. E o que os splogs ganham com isso? Eles ganham o direito de poder dizer no mundo virtual: TENHO UM BLOG, LOGO EXISTO.

      Esperamos que em 2010 todos os nosso clientes reflitam sobre a necessidade de produzir conteúdo de qualidade para e não apenas pensem em TER um site ou blog vazio. E a SoftHost espera que em 2010 nós também estejamos empenhados em produzir conteúdo de primeira, a partir do nosso blog, até outros serviços online.

      * GoogleDiscovey

      Uma boa notícia para os piratas de filmes

      A pirataria ameaça produção de conteúdo.

      A pirataria ameaça produção de conteúdo profissional do cinema mundial.

      Hoje, o maior desafio das indústrias fonográfica e cinematográfica é fazer a distribuição de conteúdo digital, guardando os direitos autorais para, finalmente, ganhar dinheiro com isso.

      Hollywood já está desesperado na batalha contra a pirataria de seus DVD’s. Agora eles precisam aprender a fazer a distribuição digital segura de seus filmes  de entretenimento doméstico, que é uma forma de continuar lucrando com os filmes depois das exibições nos cinemas.

      Contar apenas com discos de DVD e blu-ray para o armazenamento e comercialização é uma prática fadada ao fracasso. A idéia é permitir que o usuário adquira o direito de reprodução de um filme e escolha em qual equipamento irá executá-lo (computador, portáteis, celulares ou televisores). Bastará o equipamento estar conectado a Internet e o usuário poderá assistir quantas vezes quiser, onde quiser e do jeito que quiser.

      A Disney já se antecipou e lançará em breve o sistema Keychest que permitará que o cliente compre esse acesso permanente ao arquivo de entretenimento digital. Neste sistema de rastreamento da propriedade digital, a pessoa adquire uma “chave virtual” para acessar o filme que estará armazenado em um servidor cloud computing (computação em nuvem) e para executá-lo usará o streaming (sem que haja download do filme).

      Os últimos números do e-commerce no Brasil

      E-commerce brasileiro 2009

      E-commerce brasileiro 2009

      Pesquisa feita pela F/Nazca e Datafolha e divulgada pelo informativo Meio & Mensagem, mostra qual é o perfil do internauta brasileiro:

      1o motivos para você fazer comércio eletrônico:

      1. O Brasil já tem 66 milhões de internautas.
      2. 31% dos internautas estão entre 45 e 59 anos já estão online.
      3. 29% já são das classes D e E.
      4. 29% acessam de lan houses e lugares públicos.
      5. 23% acessam de suas residencias.
      6. 20% acessam na casa de amigos.
      7. 14% acessam em locais de trabalho.
      8. 15% dos brasileiros consultam a web antes de ir às compras.
      9. R$ 51 bilhoes é o volume anual do varejo eletrônico no Brasil.
      10. 25,6% do volume publicitário brasileiro já é em Internet, o que corresponde a 4% do bolo da publicidade investido em portais e sites.

      Leia mais

      SoftRadio está no ar!

      soft-radio-btn
      Muitos pediram e agora ela é uma realidade. Se você quer escutar música de qualidade e, de quebra, testar o serviço de audio streaming da SoftHost.

      Acesse um dos links abaixo:

      Página Inicial da Transmissão: http://painel.livesh.com.br/start/softhost
      Winamp: http://painel.livesh.com.br/tunein.php/softhost/playlist.pls
      Windows Media Player: http://painel.livesh.com.br/tunein.php/softhost/playlist.asx
      Real Player: http://painel.livesh.com.br/tunein.php/softhost/playlist.ram
      QuickTime: http://painel.livesh.com.br/tunein.php/softhost/playlist.qtl

      Pela SoftRadio, você poderá escutar 24 horas de música de música selecionada, de qualidade e sem intervalos comerciais. Esta é a nossa rádio. Agora, a pergunta que não quer calar: QUAL É SUA RÁDIO?

      Qualquer empresa pode montar a sua própria rádio. Você pode montar a sua webradio com as suas músicas prediletas. Tudo isso utilizando o nosso painel do LiveRadio.

      Concorrente ou Cocôrrente

      Lições e reflexões de um diretor comercial de uma empresa de hosting.

      A primeira lição que eu tirei do boxe foi: Respeite seu oponente, pois se você estudar seus movimentos e falhas, poderá vencê-lo. A segunda lição foi: Nunca subestime os baixinhos e aparentemente mais fracos que você, pois eles poderão estudar seus movimento e falhas e poderão vencê-lo.

      Na administração de empresas, aprendi que estas lições também valem no mundo corporativo, de livre iniciativa e livre concorrência. Contudo, não é preciso nocautear o concorrente fisicamente, mas ofertar melhor que ele, explorando seus defeitos e posicionando melhor sua marca, criando estratégias de barreira à concorrência, entre outras práticas administrativas.

      Na área comercial, onde atuo, você tem que gostar de competir. Tem que mostrar quem você realmente é de melhor. Tem que mostrar e ressaltar os defeitos da concorrência e exaltar suas virtudes. Tem que ser competitivo, mas tem que jogar segundo as regras. Jogar segundo as regras dos ringues adaptadas as carteiras das faculdade de negócios.

      Acesso à Internet móvel atingirá receita de US$ 80 bi até 2011

      Estudo “Go mobile, grow”, elaborado pelo Institute for Business Value (IBV) da IBM, divulgado nesta quarta-feira, 22/10, aponta que 80% dos clientes preferem que os provedores possibilitem a eles mais poder de escolha dos aplicativos e serviços oferecidos nos dispositivos móveis.

      A IBM entrevistou quase 700 clientes ao redor do mundo sobre suas preferências em relação ao acesso da internet móvel. A análise revela ainda que 69% dos entrevistados querem dispositivos abertos à personalização e à configuração de aplicativos.

      A pesquisa constatou que o acesso à web por meio de dispositivos móveis será usado cada vez mais para serviços utilitários e transitórios. Por exemplo, quase 60% dos entrevistados estão interessados em serviços bancários via dispositivos remotos. Outros serviços utilitários incluem e-mail, mensagem instantânea, comércio de ações, notícias e navegação em geral.

      Além disso, a popularidade de aplicativos de entretenimento está crescendo, o estudo constatou que 53% dos clientes estão interessados em IPTV e 45% em comprar música por dispositivos remotos. Estima-se que o mercado de serviços de internet em dispositivos móveis atingirá US$ 80 bilhões até 2011.

      Esse crescimento demandará novos serviços, como a propaganda. No mesmo período, projeções indicam que o número de usuários da internet no mundo será próximo de 1 bilhão, um aumento de 191% desde 2006 e uma taxa anual de crescimento de 24%.

      Mobilidade

      A onipresença de banda larga sem fio e smartphones avançados e mais baratos mudará a maneira como empresas ao redor do mundo operam e se relacionam com seus clientes, funcionários e parceiros.

      O “Go mobile, grow” destacou também que 60% dos entrevistados não têm preferência por marcas especificas quando usam serviços de internet por meio dos dispositivos móveis. E, ainda, que os mercados ao redor do mundo adotarão o uso da internet móvel de formas diferentes.

      Nos países mais desenvolvidos este acesso será a extensão e o complemento do computador pessoal. Já nos emergentes, como Índia e China, os clientes dispensarão a compra do primeiro PC e usarão plataformas móveis sofisticadas que forneçam os mesmos serviços.

      Recomendações para os fabricantes de dispositivos móveis

      A pesquisa da IBM também aponta que os fabricantes de dispositivos móveis devem lançar serviços inovadores e que impressionam os clientes. Baseado nos resultados do “Go mobile, grow”, a IBM identificou alguns fatores que ajudarão esses fornecedores a assegurar uma fatia de mercado no espaço da internet remota.

      Será importante, por exemplo, o foco dos fabricantes em guiar seus designs e modelos de negócios diretamente a partir de insights de seus clientes. Além disso, o desenvolvimento de um ecossistema aberto, baseado em padrões, para dispositivos e serviços será um benefício para a inovação.

      Para aproveitar as oportunidades oferecidas pela internet remota, o estudo também conclui que os fabricantes devem ter mudanças em marketing e percepção da marca, estratégias de parcerias, entrega e gerenciamento de conteúdo, bem como modelos de receita.

      As vendas de telefones portáteis atingiram o ponto de saturação nos mercados emergentes, motivando fabricantes a focarem em equipamentos móveis mais sofisticados e que possibilitem mais serviços.

      Isto pode dar um duplo impulso a lucros e receita, à medida que aumenta o preço médio do dispositivo e, paralelamente, há uma oportunidade de venda cruzada de serviços com margem de lucro alta.

      Em detaque:

      – 80% dos clientes preferem que os provedores possibilitem a eles mais poder de escolha dos aplicativos e serviços oferecidos nos dispositivos móveis.

      – 69% dos pesquisados querem dispositivos abertos à personalização e à configuração de aplicativos.

      – Cerca de 60 % dos entrevistados estão interessados em serviços bancários via dispositivos remotos.

      – 53% dos clientes estão interessados em IPTV.

      – 45% das pessoas pesquisadas gostariam de comprar música por dispositivos remotos.

      – 60% dos entrevistados não têm preferência por marcas especificas quando usam serviços de internet por meio dos dispositivos móveis.

      Fonte: Convergência Digital